terça-feira, 18 de novembro de 2008

Você viu?

“Furei” a Folha de S. Paulo com o aviso sobre a Mostra Contemporânea de Arte Mineira ;-). Mas levei um susto ao ler a matéria de capa da Ilustrada. Com enfoque no teatro produzido em Minas, a matéria ouviu importantes produtores e atores radicados aqui. Mas “pestenção” no trecho da fala creditada a Eid Ribeiro (olha a responsabilidade....):

“Aqui não se tem nada para fazer, a não ser ir para o bar beber. Daí sobra tempo para criar, experimentar. Você não está correndo atrás de nada, não tem data para estrear”, acrescenta Eid Ribeiro, co-curador do Festival Internacional de Teatro, Palco e Rua, que acontece a cada dois anos na capital mineira.

Com assim “aqui não tem nada para fazer”? Gente, que planeta é esse? Desde quando ator não batalha feito maluco, correndo atrás de patrocínio e louco para estrear uma peça? Fiquei pasma.

*

Vale ler a reportagem inteira e principalmente o artigo do Chico Pelúcio [exclusivo para assinantes] sobre o trabalho do Galpão Cine Horto, a sede-escola do Grupo Galpão e um dos lugares mais encantados da cidade. Puro privilégio, tenho freqüentado este espaço semanalmente.

6 comentários:

Luiz Navarro disse...

kkkkkkkkkkkkkk!

furoo!

muito bom, júlia! super pertinente sua crítica! como assim aqui não tem nada para fazer?? confissão nº1: é fato que vc tem mais pique para frequentar os programas belorizontinos do que muuuita gente, me incluindo nesta gente. mas que bh tem tido oferta de programas para muitos gostos, isto tem...

e como assim ator nao tem que batalhar feito maluco?? ou músico?? ou jornalista?? ou o que for!! tsc, tsc

confissão nº 2: li a matéria também e não atinei para estes velhos preconceitos sobre belo horizonte que se repetem e se repetem.

Luiz Navarro disse...

"— Cidade besta, Belo Horizonte! exclamou Redelvim, consultando
o relógio. A gente não tem para onde ir...
— Não acho! retrucou Silviano. Em Paris é a mesma coisa.
— Em Paris? perguntou Florêncio. Não sabia que você andou
por Paris... É boa!
— Ó parvo, quero dizer que o problema é puramente interior,
entende? Não está fora de nós, no espaço!"

(O Amanuense Belmiro, Cyro dos Anjos"

Anderson Ribeiro disse...

Cara, que declaração essa hein? imagina se ele mora aqui em Aracaju. O que ele iria dizer? bem, acho que ele deve ter criado um grande problema pra ele junto a rapaziada do teatro, né não? beijos Julita. Ah! estamos perto dos 3 anos de blog. O leo falou alguma coisa com vc? vai lá artorpedo que tem coisa nova.

makely disse...

O Eid devia parar de beber...

Gustavo disse...

Oi Ju,
Parabens pelo blog. Muito legal e inteligente !!!!
fazia tempo que nao visitava ele, e tu conseguiste fazer dele ainda melhor ( o que era dificil pois ele ja era otimo !!)
Beijos
Gustavo

Júlia Tavares disse...

Oi, moço, que luxo receber sua visita!! Obrigada! E você, por que não escreve sobre Londres e outros cantos deste mundão?
Beijos!!