terça-feira, 22 de janeiro de 2008

Anfitriã turista













Por um bom tempo ainda deverá ser assim: recebendo os amigos de SP em casa, também viro turista. Nessa passagem do querido Paulo por aqui, foi até um pouco patético: ele conseguiu se orientar melhor que eu no centro da cidade... sobe Bahia, desde São Paulo, volta pra Afonso Pena...

Metade dos programas do fim de semana foi inédito para os dois: cerveja nos ultra- movimentados balcões do Mercado Central (sem petisco, dessa vez), passeio encantado no Museu Giramundo, volta completa pelo Parque Municipal.

Desta vez destaco o maravilhoso Museu Giramundo. Todos os bonecos já usados nos espetáculos do grupo, criado em 1971, estão lá – um museu vivo, mesmo. Um menino de 6 anos que nos acompanhou na visita classificava os bonecos e fantoches entre “do bem” ou “do mal”, mas há milhares de outras sutilizas em cada expressão e figurino das obras. Imperdível.

Talvez eu esteja próxima do limite anual de passeios ao complexo da Pampulha. É Niemeyer que não acaba mais. Tenho dado sorte em encontrar cada vez uma exposição diferente no Museu de Artes - desta vez, sobre os Neoconcretistas - mas conclui que a igrejinha não merece tantas visitas assim....

5 comentários:

Anônimo disse...

"Minha vida agora é esta: sobe Bahia e desce Floresta". Acho que é isso (se bem me lembro) do fragmento poético que há num monumento da rua Bahia, de um poeta mineiro. Quando for aí, quero vc de guia turística, pra, claro, tomar umas geladas pelos caminhos desvendados. Hehehehe. Ah! e não sou de Sampa. Hahahahaha.
Beijos.

Anderson Ribeiro

Júlia Tavares disse...

Querido Anderson,
Dizer "amigos de SP" foi algo equivocado, mesmo! Espero sim pelos amigos de Sergipe e de todos os estados brasileiros.. Ah, e tenho certeza que na sua próxima passagem por aqui você é que será meu guia turístico! Beijos!

Carol disse...

Juju! Nem sabia desse seu blog aqui menina! Estou no Chile visitando a Mari e ela que me mostrou... Sim, vim até o Chile mas ainda nao fui te visitar. E tampouco colocou a carta que te escrevi no correio! Pode me bater com a palmatória, mas prometo me comportar melhor em 2008!

Paulo disse...

Só pra ser chato, era Neovanguardas ;) Logo logo coloco umas fotos no 'na rua', ok?
Bjo.

Júlia Tavares disse...

Ah, Paulo, você acabou com o meu ar PIMBA... (para quem não conhece - pseudo-intentectual metida a besta). olha que vou te perguntar quem são os principais expoentes do neovanguardismo mineiro,heim??